terça-feira, 6 de maio de 2014

Cabelo grande é genético?


Recentemente, tivemos um bate papo lá no grupo CrespiiiiissimO.osS® do Facebook cujo tema era crescimento dos cabelos: cabelos que parecem não crescer, cabelos estacionados no mesmo tamanho etc. Ou seja, o assunto discutido por 10 entre 10 naturais em pelo menos algum momento ao longo de suas jornadas capilares!

Essa semana li uma postagem no blog BGLH que caiu como uma luva para a conversa lá do grupo. Confira abaixo os trechos principais.


Via BGLH (tradução e adaptação minhas)


1. Cabelo longo É genético
O comprimento que seu cabelo atingirá é determinado por quanto tempo ele permanece na fase anágena, ou de crescimento. Para conseguir um cabelo nas costas, na altura do fecho do sutiã, em média, ele precisará crescer por 2 ou 3 anos. Para conseguir um cabelo na cintura, ele precisará crescer por uns 4 ou 5 anos. Em outras palavras, seus genes vão determinar até que ponto seus fios continuarão crescendo e não há muito o que fazer para mudar isso.

2. Isso significa que algumas pessoas estão fadadas a ter cabelo curto?
Na verdade, não. Embora algumas pessoas digam que a fase de crescimento do cabelo dura de 2 a 6 anos, a verdade é que alguns cálculos estimam que a duração média da fase anágena é de 12 a 14 anos (J Cosmet Sci, pág. 367-378, 2003). Isso corresponderia, para muitas mulheres, a um cabelo na altura do tornozelo. Seria mais correto, entretanto, dizer que cabelo comprido é genético e muitas pessoas são geneticamente predispostas a ter cabelo muito longo.

3. E se ninguém na minha família tiver cabelo longo?
É preciso separar a capacidade de o cabelo ganhar comprimento da habilidade da pessoa conseguir manter seu cabelo por tempo suficiente para mostrar esse comprimento. Normalmente, práticas capilares ruins limitam a possibilidade de o cabelo mostrar todo o seu potencial de comprimento. Se você herdou essas práticas capilares ruins, então você herdou essa limitação de comprimento também.

4. Por que pessoas com cabelo longo geralmente tem cachos mais abertos, cabelo menos encarapinhado, cabelo que suporta secador e chapinha com mais facilidade ou dreadlocs?
Em todos os casos, o cabelo tem uma menor pré-disposição a embaraçar, formar nós ou quebrar quando manipulado. Cabelo que pode receber a aplicação de calor com frequência sem danos visíveis é menos suscetível a danos, de forma geral. Dreadlocs são como quase como um penteado protetor e o cabelo corre pouquíssimo risco de quebrar. Por isso, cabelos que se enquadram nas situações acima descritas conseguem mostrar todo seu potencial de comprimento com pouquíssimos danos e quebra ao longo do tempo.

Se o seu cabelo requer delicadeza no tratamento até mesmo com pouquíssima manipulação, pode ser este o motivo de ele quebrar mais ou precisar ser aparado com mais frequência para ficar em boas condições. Não significa que seu cabelo não possa ganhar comprimento ou cresça mais devagar; só significa que você precisa ser mais cuidadosa e mais paciente para obter o mesmo resultado que aquelas que têm cabelos que não quebram com tanta facilidade.


* * *

Fonte
É isso, naturais! Não confundam a velocidade ou o ritmo com o que o seu cabelo cresce com a possibilidade de reter o comprimento que ele ganha ao longo do tempo. Por mais lento que possa ser o ritmo de crescimento dos nossos fios, quando se trata de cabelos muito crespos, encarapinhados, naturalmente mais frágeis e quebradiços, a adoção das práticas corretas é determinante para obtermos o comprimento que desejamos.

Se você sente que seu cabelo "estacionou" em determinado comprimento e você está querendo que ele cresça mais um pouco, reavalie sua rotina de cuidados e adote práticas de preservação dos fios diariamente.

20 comentários:

  1. Muito interessante esse post.Eu acho que meu cabelo está com um ritmo bom de crescimento (mesmo não dando pra perceber muito devido ao encolhimento). Quero muito ver até onde ele pode ir (tenho 9 meses de BC) e pretendo aderir aos pensteados protetores assim que ele crescer mais. Você e a Rosângela são minhas inspirações!
    Beijoks
    Letícia
    www.tipoassimtomsik.blogspot.com.br
    www.leticiapsicologa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Letícia, eu entrei nessa de "deixar o cabelo crescer pra ver até onde vai" e olha onde vim parar! Hehehehe

      O fato é que é muito legal nos desafiar e superar os limites que pensamos serem intransponíveis... Nosso cabelo é fantástico!

      Obs: adorei seus blogs! Sou uma psicóloga dissidente, mas ainda curto ler coisas legais sobre o assunto! Os dois já estão sendo seguidos!

      Excluir
    2. Obrigada...fico feliz que você tenha gostado. beijo

      Excluir
  2. Muito interessante essa postagem. Eu não vejo quase ninguém na minha família com o cabelo comprido, exceto aquelas pessoas com os fios naturalmente menos frágeis. E agora, parando pra reparar, aquelas que tem mais cuidado com os cabelo também. E agora que estou em transição tenho cuidado tanto dos meus fios que eles estão crescendo mais do que nunca cresceram antes.

    ResponderExcluir
  3. Excelente matéria! Os cuidados capilares são a chave para um cabelo saudável logo mais propicio ao crescimento!

    ResponderExcluir
  4. Adorei ... vou esperar pra ver ate que comprimento ele chega. hidratando e tendo uma otima alimentação .....

    ResponderExcluir
  5. Nossa confesso que minha visão sobre meu cabelo resumi-se em antes e depois de ver seu blog! A forma como os trata os temas, as indicações de produtos que possamos encontrar com facilidade faz toda diferença. Gostaria que fizesse um top 10 dos produtos que indica. Parabéns por sua iniciativa, mas do que militar sobre a cultura negra você FAZ A DIFERENÇA!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carolina! Obrigada pelo carinho e pela visita!

      Excluir
  6. nossa, seu cabelo tah muito lindo. parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Oi Nica,
    Menina que cabelo Diva é esse? Tá lindooooooo de matar :D
    Me diz uma coisa nesta foto você fez alguma texturização neh?
    To querendo usar o meu assim com os cachos desmanchados pra ocasiões de festa pra Ficar Diva.. eu vi muito a Alicia keys( cantora) usando penteados assim..
    Quanto ao crescimento o meu ta de vento em popa também..só preciso melhorar os cuidados na hora de dormir :(
    Bjão, amo teu blog.. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gleyce!

      Fiz sim: primeiro fiz banding, depois fiz twists no cabelo seco e esticado (tem uma postagem sobre o banding aqui no blog, vale conferir!).

      Obrigada pelo carinho, fico feliz que você esteja gostando do blog!!

      Bjos!

      Excluir
  8. O tão sonhado longo.Eu sou desapegada, acho que por isso acabo chegando nele sem ansiedade,mas vivo cortando.rs

    ResponderExcluir
  9. Depois de ler o texto agora faz todo o sentido! Na minha família quase não tenho pessoas de cabelos longos e sempre achei que o meu demora horrores para crescer.. rs
    Deve ser genética mesmo!

    Adorei o texto!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  10. Oi, bom meu cabelo é crespo ,mais não chega a ser um crespo difícil de cuidar pois ele tem cachos, só que quando eu o solto dele seca e fica alto , fica volumoso, vou começar a usar um creme o nome é "beleza da Amazônia , manteiga de karité" quero saber se esse creme funciona , e em que ele ajuda,......estou esperando sua resposta bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, nunca ouvi falar desse creme, então não posso te dar uma opinião sobre ele...
      Bjos!

      Excluir
  11. Não podia deixar de te dar os parabéns, suas postagens sobre cabelos são fantasticas, é muito bom saber que existem mulheres como nós que assume suas madeixas e procura sempre incentivar as outras mulheres que possuem cabelos crespos a fazer o mesmo. Estou entrando para o grupo de blogueiras e no meu blog falo sobre beleza, mas como é começo estou um pouco perdida e visitar outros blogs acredito ser fundamental. Abraços. Te Seguindo

    thebeleza.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. meu cabelo e crespo e cai muito ,mas assim que cai vai crescendo outro so que por causa desta queda ele nunca passa da altura do sutiã mantenho ele preso devido ao meu trabalho num rabo de cavalo a anos tenho esta queda e garanto que e muito alguem ja teve um problema assim? O que faço?

    ResponderExcluir
  13. Gostei do post, parabéns. Na minha família a maioria tem cabelão na cintura e o meu estaciona na altura dos seios. Mas vou rever meus cuidados com o cabelo ficar sem cortar por uns logos períodos pra ver até onde ele vai! 💖

    ResponderExcluir