terça-feira, 29 de julho de 2014

Método LOC para o inverno

Embora o Brasil seja um país tropical, em algumas regiões o inverno chega com força! Em outras, as temperaturas caem apenas alguns graus, mas a umidade relativa do ar costuma baixar bastante em relação aos meses mais quentes. A queda de temperatura e a queda da umidade fazem com que nossos cabelos reajam de forma nem sempre positiva. Fios ressecados pela baixa umidade sofrem ainda mais com a diminuição na frequência das lavagens – porque não é todo mundo que tem coragem de lavar o cabelo com a regularidade habitual em um frio de rachar!

Para essa época de friozinho, nada melhor que o método LOC. Já falamos aqui que ele é uma ótima forma de manter a hidratação no fio por mais tempo. Ou seja, ele é perfeito para o tempo frio e seco, quando lavamos menos os fios e eles acabam perdendo a hidratação mais rapidamente para o meio externo.

O método LOC é uma forma de finalizar o cabelo  (ou seja, deve ser feita após lavar e condicionar seus fios) que consiste na aplicação dos produtos seguindo uma ordem específica. 


Primeiro vem o líquido (L), que pode simplesmente ser a água que já está nos seus fios depois que você sai do chuveiro com o cabelo úmido, ou pode ser alguma misturinha que você tenha no borrifador com um ingrediente umectante (como D-Pantenol ou aloe vera), ou ainda pode ser algum leave-in bem líquido e hidratante que não pese nos seus fios (pode, inclusive, ser diluído em água e aplicado com o borrifador também, em pequena quantidade).



A próxima etapa é a aplicação do óleo (O) no comprimento e pontas dos fios que irá selar esta primeira camada de hidratação. Para o inverno, os óleos interessantes para cabelos crespos e encarapinhados com tendência ao ressecamento são os mais grossinhos. O óleo de rícino é ótimo, mas o óleo de abacate e o azeite de oliva também dão conta do recado. O óleo de andiroba é um caso à parte, porque apesar de ser grosso em baixas temperaturas, ele não pesa nem fica tão gorduroso quando erramos a mão e aplicamos muito. Por isso, é uma boa opção para ser misturada ao óleo de rícino!



Finalmente, a terceira etapa consiste na aplicação de um creme (C), que pode ser um creme de pentear bem consistente, ou uma manteiga vegetal (manteiga de karité, por exemplo). A etapa C irá selar o óleo e formar a terceira camada de proteção no cabelo. Se você não tem restrição em relação ao uso de produtos com silicone, aposte em um creme de pentear que contenha esse ingrediente. Além de o produto selar a hidratação com bastante eficiência, o cabelo também ficará mais resistente às eventuais garoas ou sereno que você possa pegar à noite.


Aplicado o creme, você poderá deixar o cabelo secar ao natural (wash and go) ou fazer twists/tranças para um visual diferente no dia seguinte (twist out/braid out).



O método LOC é ótimo para o ano todo, basta variar os produtos de acordo com a estação. Mesmo no inverno, eu consigo manter o cabelo até o terceiro day after, pelo menos. Se você ainda não experimentou, tente. Se já é adepta, aposte em produtos mais consistentes nesse clima mais seco e o seu cabelo vai agradecer!

9 comentários:

  1. meu cabelo anda mto estranho com esse clima, vou tentar o loc. vou ver se consigo comprar o óleo de amendoa e abacate ainda hoje. =) obrigado por lembrar. Só uma pergunta , vc usa gel?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Magdala!
      Só uso gel para ajudar a fazer penteados, segurar aqueles fios que cismam em ficara rrepiados. No dia a dia não uso não.

      Excluir
  2. Oi, uso esse metodo há quase um ano e realmete é muito bom, olha eu amo seu blog, vou usar a dica de trocar o creme de pentear mais grosso, nessa epoca de tempo seco, haja frizz, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô, que bom! Tomara que dê certo com vc, Izabel!
      Bjos

      Excluir
  3. muito bom esse artigo, veio em boa hora, moro no sudeste e o frio aqui esta judiando rsrsrsrs, to curtindo muito esse blog. Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite. Uso canecalon a muito tempo e estou tentando me libertar das tranças. Tomando coragem para assumir meu 4c.
    Está sendo muito difícil, me sinto insegura.
    AMEI seu blog. Gostaria de dicas sobre cuidados logo após retirar o canecalon. Me ajude por favor! "/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mayra!
      Aqui no blog há algumas postagens sobre tranças com aplique. NO geral, os cuidados após retirar as tranças são os mesmos de quem nunca usou, basta ter cuidado redobrado e bastante carinho com o cabelo.
      Bjos!

      Excluir
  5. Amei a dica. Achei seu blog por caso e já estou seguindo. Parabens pelo trabalho. Bjos.
    http://juizonacachola.blogspot.com

    ResponderExcluir