domingo, 12 de agosto de 2012

Crescimento dos cabelos: o que você precisa saber


Como já vim falando em postagens passadas, quem opta pelo cabelo natural costuma ter como principal demanda o crescimento dos cabelos. Todo mundo sonha em ter um cabelo encaracolado, crespo, encarapinhado longo, batendo no meio das costas (ou quem sabe na cintura!).

Só que a obtenção de um cabelo comprido é um daqueles assuntos onde a expectativa geralmente não corresponde à realidade. Primeiro porque muitas meninas idealizam um tipo de cabelo que não é aquele que de fato elas possuem – e por isso, ele não vai se comportar do jeito que elas esperam. Em segundo lugar, nem todo mundo sabe o que é o cabelo e como ele "funciona". Desconhecendo os mecanismos de crescimento capilar, muitas recorrem a estratégias ineficazes, duvidosas e muitas vezes perigosas para a saúde.

Por conta disso tudo, resolvi fazer um apanhado de informações que tenho visto em sites e blogs confiáveis sobre crescimento de cabelos, principalmente os nossos crespos e encarapinhados. Senta que lá vem história!


O que é o cabelo? 


O cabelo, assim como as unhas e a camada mais externa da nossa pele, é composto basicamente por uma proteína chamada queratina. Cada fio de cabelo possui três camadas:

Medulaa parte mais interna, encontrada somente em fios mais grossos. 

Córtex – esta camada intermediária proporciona tanto a resistência ao fio quanto sua cor e textura. 

Cutículacamada mais externa do fio de cabelo, é composta por diversas “escamas”, organizadas de forma sobreposta, como telhas em um telhado. A cutícula serve como proteção ao córtex e à medula, impedindo que a umidade saia do interior do fio, mas também evita a penetração excessiva de água, óleo ou outras substâncias. Em outras palavras, a cutícula é o “escudo” do fio, que impede que este receba as agressões externas, ainda que para isso ela própria as sofra e seja a primeira parte a ser danificada.

No interior do seu couro cabeludo está a raiz do cabelo, que entra em contato com a corrente sanguínea e recebe os nutrientes necessários para o nascimento e crescimento do fio. Uma vez que o fio de cabelo “nasce” ele não mais é alimentado por estes nutrientes, logo o cabelo é um tecido morto. Ele não irá se regenerar como a pele, por exemplo: os danos sofridos serão permanentes. 

As camadas do fio de cabelo
Fonte

O ciclo de crescimento do cabelo 

Os fios de cabelo possuem um ciclo de crescimento. Ele acontece de forma individual: cada fio está em um desses estágios, independentemente dos demais – do contrário, ficaríamos periodicamente carecas! Este ciclo pode ser dividido em três fases: 

Anágenaé a fase de crescimento do fio. A maior parte dos nossos fios (cerca de 80%) costuma estar neste estágio. Ela tem uma duração que varia de um a seis anos. 

Catágenaesta fase dura cerca de duas semanas e compreende o período em que o folículo capilar regride e se prepara para encerrar o ciclo de crescimento do fio ao qual está ligado. 

Telógenaé a fase final, em que o fio de cabelo antigo para de crescer e cai, para dar lugar a um novo fio que começa a nascer em seu lugar. 

Diagrama com as fases de crescimento do cabelo
Original em inglês


Fatos capilares:
  • A taxa de crescimento dos cabelos e a duração das fases de seu ciclo de crescimento são determinadas pela genética.
  • Em geral, o cabelo cresce cerca de um (1) centímetro ao mês. Alguns estudos mostram que os cabelos de indivíduos de ascendência africana crescem levemente abaixo desta média, enquanto que os cabelos de pessoas com ascendência asiática crescem levemente acima e os de origem caucasiana ficam mais próximos desta média. 
  • Considerando que a fase de crescimento do fio dura de um a seis anos, nossos cabelos podem atingir um comprimento terminal que varia de pouco menos de 12 cm a um pouco mais de 70 cm.
  • Todos os cabelos crescem. A não ser que você possua uma doença grave ou deficiência nutricional severa que impeça o funcionamento adequado do seu corpo, seu cabelo continua crescendo todos os dias. 
  • Mas existem diferenças no comprimento terminal que um cabelo pode atingir, dependendo da duração da fase anágena (de crescimento) dos fios. Quanto mais longa a fase anágena, mais comprido poderá ser o cabelo.


Existe algum produto que altere o ciclo de crescimento capilar?

A resposta é NÃO. Não existem óleos, vitaminas, remédios que façam nosso cabelo crescer mais do que a genética permite de forma segura e saudável. 

Tanto os óleos vegetais aplicados diretamente nos fios e no couro quanto as vitaminas e minerais que devem ser ingeridos de forma balanceada através de uma alimentação saudável contribuem para a manutenção do perfeito funcionamento do seu organismo, o que inclui suas unhas e cabelos. Eles ajudam seus fios a crescerem fortes e resistentes, da maneira que devem ser, mas não aceleram o seu crescimento.

Certos suplementos alimentares (vitaminas e minerais extras) auxiliam no tratamento de queda de cabelo, ou seja, eles ajudam o organismo a se regular e funcionar de forma normal (pois cabelo caindo em excesso não é normal!) . Mas o fato de eles serem tratamento para queda não os faz serem uma solução para a aceleração do crescimento. Na verdade, determinadas vitaminas em excesso podem fazer o cabelo cair.

Tônicos capilares, tanto os industrializados quanto as receitas caseiras talvez só proporcionem um efeito placebo. Os tônicos devem conter provavelmente substâncias fortalecedoras dos bulbos capilares e dos fios, e não necessariamente que estimulem seu crescimento. Se fosse assim, todo mundo teria um cabelo na cintura, e sabemos que não é exatamente assim que as coisas acontecem no mundo real...

Remédios só devem ser usados com prescrição médica e para aquilo a que foram destinados. Se você é humano, NÃO deve usar remédio de cavalo. Você também NÃO deve tomar hormônio de forma indiscriminada, sem acompanhamento médico.


“Mas o meu cabelo não cresce!” 

Existe uma diferença entre taxa de crescimento e retenção de comprimento. A taxa de crescimento é aquela que falei mais acima, que costuma girar em torno de um centímetro/mês. É o tanto de cabelo que você vê saindo do seu couro cabeludo e exige que faça retoques da coloração ou alisante, por exemplo. Retenção de comprimento é outra história... Ela não diz respeito propriamente ao cabelo que nasce, mas ao cabelo que permanece. Como assim? 

O nosso cabelo fica exposto a diversos fatores que causam danos à cutícula dos fios e, portanto, contribuem para a quebra. Não só alisamento, relaxamento, tintura: as agressões vão desde a manipulação rotineira (e necessária!) ao lavar, desembaraçar e pentear, passando pelos fatores externos como vento, poeira, sol, até àquelas coisas que não damos importância, como sentar na cadeira e o cabelo prender no encosto, o atrito das pontas dos cabelos nos nossos ombros ou na nossa roupa, as alças das bolsas e mochilas que prendem os fios... Enfim, quase tudo é, em maior ou menor grau, um possível gerador de danos aos cabelos. 

Nós sabemos que o cabelo é um tecido morto, ou seja, ele não se regenera sozinho como a nossa pele, que é vascularizada e, quando machucada, cicatriza. O cabelo é como nossas unhas: quando descamam ou quebram, não resta outra solução a não ser aparar e deixar crescer novamente. Portanto, todos os danos causados aos fios são cumulativos e permanentes, até que o fio de cabelo não resista mais e se parta. 

Com a cutícula destruída e o córtex
exposto, este fio provavelmente irá
se romper na região danificada
Fonte

Pois imagine quantas vezes na vida nós não temos que lavar, pentear, prender, soltar os cabelos, encostar em cadeiras, botar a mochila nas costas ou a bolsa nos ombros... Se tudo isso pode danificar os fios, imagine o tanto de agressões às quais eles já não foram expostos? É por isso que sempre gosto de destacar que as pontas são a parte mais antiga e por isso a mais frágil dos cabelos, já que elas estão encarando todos esses fatores negativos a muito mais tempo do que aquela parte do cabelo que acabou de nascer e está mais próxima à raiz. 

Agora a gente lembra quando reclamava “mas o meu cabelo não cresce!...”. Sim, ele cresce! O que deve estar acontecendo é que, diante dos fatores causadores de danos do dia a dia, o cabelo simplesmente não consegue manter sua integridade e, lentamente, de forma quase imperceptível, ele vai se desgastando nas pontas na mesma proporção em que nasce na raiz. Aquele centímetro que você demora um mês para ganhar lá em cima, junto ao seu couro cabeludo, se perde ao longo deste mesmo mês nas pontinhas – lembre-se que elas são mais frágeis, já estiveram expostas a tudo isso há muito mais tempo e provavelmente já não contam com uma cutícula perfeita, capaz de proteger o córtex do fio. 

Algumas vezes a perda do comprimento é visível a olho nu. Algumas pessoas que penteiam o cabelo seco ficam com centenas de pedacinhos de cabelo nos ombros, normalmente advindos das pontas dos fios. Esses fios quebram justamente em pontos de fragilidade, onde a cutícula está com falhas e o fio de cabelo está menos espesso. Em outros casos, a perda não é notada, no sentido de que mal vemos o tanto de comprimento que estamos perdendo, mas só notamos que "algo" está faltando porque nossos cabelos permanecem "estacionados" em um determinado comprimento.

Se o seu cabelo não pode crescer mais do que a genética determina, você deve focar então em tentar ao máximo manter a integridade dos seus fios para que o crescimento que você obteve seja mantido. E para isso, aqui no blog demos várias dicas como penteados protetores, o método LOC, o uso de óleos vegetais (sim, eu sou repetitiva, mas a repetição é importante!).

Ainda não existe terapia genética para alterar os genes que definem a nossa taxa de crescimento dos cabelos. Por isso, pelo menos por enquanto, a melhor receita é ter paciência, disciplina e curtir cada etapa da sua jornada.

19 comentários:

  1. Matérias mais que completa. Mais uma vez, seu post foi muito esclarecedor!!! Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. aqui leva a mal não, mas monovin a , faz crescer cabelo sim. E desde que não ingerido... mal nenhum faz.Falo por vivência. Meu cabelo cresceu pra dar comentário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavinha, pode até fazer crescer, mas de forma alguma é seguro à saúde porque não foi feito para esta finalidade nem para ser utilizado por humanos, e sim animais. Aqui nesta matéria comento sobre formas eficientes e SEGURAS de fazer crescer o cabelo. De forma alguma poderei recomendar esta substância como forma SEGURA porque ela não é segura.
      Bjos!

      Excluir
  3. Oi Nica, tudo bom?
    Meu cabelo é bem parecido com seu, vou casar somente no cartório e gostaria de sugestões de penteados, o que você acha melhor, usar solto natural ou fazer algum penteado preso?
    Abraços

    Raquel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raquel, sou fã de penteados, por isso acho que você poderia fazer um! rs
      Tem uma postagem aqui no blog com penteados diversos simples e outra com penteados protetores que, com os acessórios corretos, até servem como penteados de festa. Dá uma olhada e vê se você gosta.
      Bjos!

      Excluir
  4. Nossa, parece que você fez o post exatamente pra mim hahahaha
    Estou em uma fase 'crespiana' na minha vida, eu preciso do cabelo black em mim.

    Voltei de viagem gente!!! hahaha
    http://pretapretinhablog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nicapinica ...
    o Seu Blog foi feito exatamente para mim! Parabéns!!! Me sinto bem melhor quando vejo que muitas mulheres estão em busca da assumir a identidade. Desde pequena usava relaxante, e há um 1 ano entrei em crise, já faz dez meses que estou sem química, como você mesmo citou a transição é complicada. Primeiro cortei, depois coloquei aplique e cortei de novo, bem curto. Essa parte esta sendo difícil, pois as pessoas acham estranho, agora meu cabelo esta 95% natural, estou feliz porque descobri um cabelo novo, saudável e muito bonito! Mesmo com as críticas continuo no meu propósito! E logo logo postarei as fotos da minha transição para incentivar mais mulheres!!! Camila

    ResponderExcluir
  6. QUERIDA NICA SEMPRE ENTRO NO TEU BLOG PARA VER AS NOVIDADES E ACHO MUITO INTERESSANTE CADA POSTAGEM SUA. ME ESCLAREÇA UMA COISINHA: MEU CABELO AINDA ESTÁ COM QUIMICA E JÁ FAZ 4 MESES QUE NÃO PASSO NENHUMA QUIMICA. LENDO TEU POST SOBRE OLEO NO COURO CABELUDO. NA TUA OPINIÃO ELES SERVEM PARA HIDRATAR OS NOVOS FIOS QUE ESTÃO NASCENDO, JÁ QUE ELES NASCEM JÁ RESSECADO? SERÁ SE ELES AJUDAM A CRESCER MAIS RÁPIDO, JÁ QUE O OLEO DE JOJOBA E DE LINHAÇA POR EXEMPLO TEM ESSE BENEFICIO TAMBÉM. ELES AJUDARAM A CRESCER MAIS RÁPIDO TUAS MOLINHAS?

    BJOS E ESPERO SUA RESPOSTA O MAIS RÁPIDO POSSIVEL...

    ResponderExcluir
  7. Perfeito o texto, a bastante tempo venho tentando conhecer meu cabelo, durante esse longo tempo consegui descobrir tudo isso que esta no texto, seu eu tivesse lido antes já estaria com meu cabelo enorme, o problema também é que se tivesse lido o texto,não teria entendido tao perfeitamente como funciona. Infelizmente as pessoas só aprendem com a dor, e eu fui uma delas, cheguei a um ponto, sabe, o pior possível que um cabelo pode chegar, e só assim aprendi.

    ResponderExcluir
  8. Parabens!!Como e otimo ver este tipo de materia,voce estudou para falar com propriedade um assunto tao importante para quem tem cabelo crespo principalmente.Porque vivemos em um pais que tenta o tempo todo vender imagens que nao e a realidade de um Brasil mestico...Parabens mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Adorei essa explicação sobre crescimento,eu já passei por isso,afirmar que meu cabelo não crescia...fiz progressiva e só de passar as mãos via os pedacinhos caíndo .

    ResponderExcluir
  10. OI NICA TUDO BEM
    GOSTEI DE VER SEU CABELO FICOU LINDO.
    EU NÃO TENHO PROBLEMAS DE CRESCIMENTO DE CABELO. O MEU CRESCE QUE É UM EXPANTO, MEU PROBLEMA E QUE ELE E MUITO.
    RECENTEMENTE CORETEI O CABELO PARA TIRAR OS QUIMICOS, MAS JA COM QUASE 7CM VOLTEI A POR QUIMICOS AIND AQUE SEJE UM FRAQUINHO, O MEU MAIOR PROBLEMA É QUE ELE É MUITO E FICA SUPER VOLUMOSO. DEPOIS MA PARTE TODA DA NUCA É UM CRESPO MAIS PARA O LISO, JA AFRENTE É CRESPO CARAPINHA.
    ESTAVA SEM QUIMICOS DESDE MAIO, MAS DOMINGO NÃO AGUENTEI E PUS OUTRA VEZ QUIMICO PARA DESIMBARAÇAR UM POUCO.
    MAS CONFESSO TO SUPER ARREPENDIDA, MAS JA ESTA FEIRA A ASNEIRA.
    VOU DEIXAR ELE VOLTAR ACRESCER NOVAMENTE EVOU USANDO TRANÇA COM A MECHA PARA VARIAR.
    COMO EU FAÇO PARA DESIMBARACAR A PARTE MAIS CARAPINHOSA.
    EU MORO EM MOÇAMBIQUE E AQUI NAO A MUITAS ALTERNATIVAS.
    PODE ME DAR UM PRODUTO CASEIRO.COMO ELE CRESCE BEM, NÃO VOU VOLTAR A USAR QUIMICO, MAS PRECISO DE UMA ALTERNATIVA PARA A PARTE MAIS CARAPINHOSA.

    AGUARDO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Hawita!

      Eu sempre gosto de desembaraçar meu cabelo molhado e com condicionador/creme, enquanto estou no chuveiro. Divido em várias seções e desembaraço uma de cada vez, prendendo a parte desembaraçada para que não volte a embolar. Com um pouco de paciência e carinho você vai achando a melhor forma para o seu cabelo.

      Bjão!

      Excluir
  11. ''Não existem óleos, vitaminas, remédios que façam nosso cabelo crescer mais do que a genética permite de forma segura e saudável''..... e mentira eu tomei PANTOGAR e ele faz sim o cabelo crescer mais rápido, ate a sombrancelha cresce muito mas que o normal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luciana!
      O Pantogar é um medicamento para tratar DISTÚRBIOS ou DOENÇAS, como bem discriminado na bula do medicamento:

      "Perda difusa de cabelos (perda de cabelo por razões desconhecidas). Alterações degenerativas na estrutura de cabelo (cabelo enfraquecido, fino, não maleável, quebradiço, sem vida, opaco e sem cor), cabelos danificados pela luz do sol e radiação UV, prevenção do aparecimento de fios brancos. Desordens no crescimento das unhas (unhas quebradiças, rachadas e pouco maleáveis)."

      Ou seja, ele NÃO é para fazer o cabelo de uma pessoa SAUDÁVEL crescer. Aqui no blog eu faço questão de deixar claro que não incentivo a ingestão de medicamento sem indicação médica e necessidade comprovada. Por isso, repito que NÃO EXISTEM PRODUTOS QUE ALTEREM A GENÉTICA DO INDIVÍDUO E ACELEREM O CRESCIMENTO DO CABELO. Se a pessoa está saudável, ela NÃO DEVE TOMAR REMÉDIOS SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA, até porque o médico só irá receitá-lo em caso de doença.

      Um abraço!

      Excluir
  12. Oi eu sofro cim isso usei megahair e meu cabelo era grande, quebrou tanto q tive q cortar tudo, mais até hj não cresceu d tamanho antigo é nomal ou tenho q ter paciencia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, paciência e carinho são fundamentais!

      Excluir