quarta-feira, 11 de abril de 2012

Cachos são o novo liso?


(…) I feel that curls are something like the latest fetish – it’s like there are black girls with great curls all around, advertisement, movies, magazines. And lately it has become a bit like what straight hair used to be-you’ve got to have it.”

“(...) Eu sinto como se cachos fossem o mais recente fetiche – é como se houvesse garotas negras com lindos cachos em todo canto, propagandas, filmes, revistas. E ultimamente isso se tornou um pouco como o cabelo liso costumava ser – algo que você tem que ter.” (Tradução minha)

Taís Araújo e seus invejados cachos
 
Tenho lido recentemente muitas queixas de naturais em transição ou já 100% crespas sobre o fato de o cabelo não cachear como elas esperavam. As que estão em transição ficam apreensivas porque não sabem o que lhes aguarda; as já transicionadas se mostram decepcionadas com a falta de cachos. Isso tudo me trouxe à lembrança esta matéria do site Racialicious que levanta a seguinte questão: os cachos são o novo liso?

A despeito de todo o discurso de valorização dos “cabelos afro”, parece que hoje nos tornamos tão obcecadas por cachos quanto éramos, há alguns anos atrás, obcecadas pelos cabelos lisos. É muito comum encontrar mil e uma dicas para fazer o cabelo cachear: amassar com gel, secar com difusor, fazer plopping, apelar para o dedoliss... E quando depois de tudo isso ainda não conseguimos cachos, jogamos a toalha e decidimos voltar ao relaxamento ou ao permanente afro.

Mesmo com todas as técnicas do mundo, o cabelo puramente encarapinhado não cacheia nem cacheará sozinho. Nós já sabemos que o fio de cabelo, quando analisado individualmente, pode ter formato de “S”, “Z”, “O” (molinhas) ou “I”. O fio em “I”, quando não encarapinhado, é o tão desejado cabelo liso. Já quando ele é encarapinhado, ganha o estigma de cabelo Bombril... Será justo classificar um cabelo como ruim apenas por sua natureza ser diferente daquela propagandeada pela grande mídia? Afinal, será mesmo essa a “valorização” que buscamos para nossos cabelos – e para nós mesmas?

Ao contrário do que se pode pensar, e daquilo que os meios de comunicação parecem tentar nos convencer, o cabelo encarapinhado genuíno é extremamente versátil. Ele segura muito bem diversos estilos, como tranças rasteiras e soltas, twists, twist outs, dread locs (tudo isso sem a necessidade de gel ou fixador!), e acessórios como contas, tererês, faixas, flores (que não “escorregam” com o passar do dia ou da noite). Quando devidamente cuidado, ele atinge comprimentos incrivelmente longos, como qualquer outro tipo de cabelo. Só que, apesar da versatilidade, ele é muito, muito frágil. Por isso, pense bastante antes de optar por ou retornar à química. Pode ser que o problema não seja o seu cabelo e sim algo que está dentro da sua cabeça...

Eu acredito que todas as belezas devem ser celebradas. O cabelo encarapinhado é belo e tem suas particularidades que, quando respeitadas, fazem com que ele mostre o máximo de seu potencial.

21 comentários:

  1. Adorei o post...muito bom mesmo, sai da transição recentemente, na realidade estou 99% natural mais estou amando demais!
    Bjo
    http://nanda-beleza.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você curtiu, Nanda!
      Bjos!
      Obrigada pela visita :)

      Excluir
  2. Também adorei Nica, estou 90% natural e posso te dizer: a cada dia gosto muito mais do meu cabelo, com o tratamento adequado vi que está cada vez melhor. O problema é que quando crianças nossos pais não foram ensinados como cuidar do cabelo afro até por questões obvias. Estou descobrindo muita coisa e quando vou entrar na minha rotina capilar lembro de um post seu e as dicas da Nane no blog. Só tenho a agradecer a vcs. Estão me ensinando a cuidar do meu cabelo depois de 40 anos. E tudo isso já coloco pra minha filha de apenas 09 anos
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, que legal!! Acho superimportante ensinar às crianças, desde cedo a valorizar seus cabelos e a si mesmas. É assim que a gente transforma o mundo! Meu desejo é que nenhuma menina passe mais pelo que eu e tantas de nós passamos :)
      Bjos e parabéns!

      Excluir
  3. Nica,
    excelente matéria! Realmente hoje o que não falta são sites, blogs e tudo mais de como cuidar dos cachos... Acho importante é bacana e empolgante ver isso.
    Em relação a decepção com os cachos, tem isso mesmo, pois muitas vezes o cacho que as meninas negras imaginam para o cabelo, não condizem com o seu carapinha. Daí é o mesmo desencontro de quando alisávamos! Acho os cachos legais, mas o mais importante ainda é aceitar nosso cabelo lindo do jeito que ele é.
    Vivo visitando seu blog. Sempre tem postagens interessantes. Adoro! E estou aprendendo a cuidar melhor do meu black com suas dicas.

    ResponderExcluir
  4. Rebeca, que bom que você está curtindo o blog!!!
    Às vezes acho que pareço repetitiva, mas sinto muita falta de mensagens assim em blogs nacionais... Lá fora, as blogueiras gringas encaram o cabelo "kinky" com tanta naturalidade, enquanto aqui nós ainda ficamos cheias de dedos pra falar dele e ter ele em nossas cabeças... :(
    Bjos!

    ResponderExcluir
  5. Pra vc ver como a mídia é poderosa, um cabelo que até ontem era extremamente rejeitado hoje está no auge da moda.
    Vai entender, ne?
    O mais importante é nós nos amarmos do jeito que somos,enaltecendo nossas qualidades e não dando tanta importancia para os defeitos que um dia podem está na moda tmb hahahahah
    Beijos querida, post mara!!.
    (estou seguindo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu acho que a gente se amar é o primeiro passo! Quem sabe não conseguimos fazer nossos cabelinhos encarapinhados ganharem espaço, como ganharam os cacheados? :) Não queremos mais ser invisíveis...
      Obrigada pela visita, Flor! Volte sempre!
      Bjos

      Excluir
  6. Você falou e falou muito! Concordo plena e completamente com você.
    Todas as belezas devem serem Celebradas, o cabelo crespo tem a sua beleza. Basta cuidar adequadamente dele. Estou há um ano e dois meses livre de química e nem sonho em voltar atrás.
    Me inscrví aqui, se inscrve no meu?
    www.miscigenadamenteafro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vânia! Já estou te seguindo no blogger!
      Bjos e parabéns pela jornada!

      Excluir
  7. Respostas
    1. Que legal, Eliane! Suas visitas ao blog são muito importantes p/ mim, viu? Espero que volte sempre :)
      Bjos!

      Excluir
  8. 1 - Eu amei saber que vc tem um blog, não sabia, já estou seguindo e amando t ver por.

    Você escreve muito bem, e tem um pensamento critico (coisa que eu já notava no forum) que amooo, me identifico por d+ com seus textos.

    Veja... A estrutura do meu cabelo é aquele que naturalmente cria volume, por ser leve ( fio fino) o meu cabelo não fica toooodo cacheadinho, mas é isso, o discurso que sempre amei, é o da auto aceitação, isso passa por um processo de conhecimento, e de se impor, posto que a partir do momento que vc conhece seu cabelo, sua historia e se ve como bonita, vc se impõe.
    Eu brinco com as meninas que meu cabelo não tem bad har day, todos os dias ele está apenas sendo ele mesmo, pois sendo vivo ele responde ao meio; umidade, vento, meu humor, meus hormonios, desejar um cabelo rotineiramente lindo e perfeito, passa longe, muito longe da real filosofia dos cachos se é que podemos falar assim.
    Me lembro de um debate que tivemos justamente sobre isso, o cabelo cacheado, o crespo, o encarapinhado, e vc lindamente falou que esse excesso de exposição pode criar nas meninas uma falsa expectativa, que é um terrivel desserviço ao que tanto falamos.
    Lindo texto, beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Iza!! Que bom que vc curtiu o texto!
      Gosto de escrever pq cabelos não são só cabelos, não é? Tem várias outras questões embutidas e não consigo achar que é um assunto ingênuo apenas estético... Espero não encher o saco de vcs com essas reflexões, mas em breve postarei outras, rs
      Bjos e obrigada pela visita!

      Excluir
  9. Hoje que li com atenção...uma pena pra mim, pois depois do liso tenho ctz que jamais meus cachos voltarão!!!
    Parabéns pelo empenho!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, o blog é sobre cabelos crespos mas tem dicas que valem para qualquer tipo de cabelo... Pesca aquilo que você acha legal, não é preciso cabelo cacheado p/ aproveitar algumas das dicas :)
      Bjos e obrigada pela visita! Já segui seu blog :)

      Excluir
  10. Nica tudo bem ? Adorei o seu texto.isso que vc descreveu acontece mesmo. Eu estou em transição e em fase de descobertas, precisei de anos para me aceitar. Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andreax, continue firme na sua jornada!
      Bjos!

      Excluir
  11. Gente, você realmente leva MUITO jeito para ser psicóloga! rss..

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Descobri que minha praia é outra, Deh! XD
      Bjos!

      Excluir
  12. "Eu acredito que todas as belezas devem ser celebradas."
    Amei o post! parabéns, Nica.

    ResponderExcluir